domingo, junho 07, 2009

Recuperação

Confesso que fiquei surpreendida à medida que o terceiro trimestre da gravidez foi avançando e que o meu peso começou a estabilizar, tendo acabado a gravidez com 8,5 kg a mais, sem fazer qualquer esforço para isso. Mas mais surpreendida fiquei ontem ao conseguir vestir umas calças de ganga que usei com folga na 1ª metade da gravidez e por ver que só me restam 1,5 kg para o peso anterior à gravidez, 10 dias após o parto. O que me dá satisfação é não me esforçar para, nem me preocupar minimamente com isso. Assim sim!

sexta-feira, junho 05, 2009

Josué

O nosso principezinho Josué nasceu no dia 27 de Maio, às 06:45, de parto natural, com 52,5 cm e 3,890 kg, no hospital de S. João. Apesar de estar marcada a indução para essa mesma manhã, o Josué fez a vontade à mamã e adiantou-se, permitindo assim um parto completamente natural, como era desejado, e que tentarei relatar assim que possível.

A J. assistiu ao parto (e não o papá, que teve de ficar com a mana Rebeca) e foi uma acompanhante absolutamente extraordinária. A parte final foi um bocadinho mais difícil, uma vez que estava fora da água e completamente exausta, mas valeu a pena. Não levei oxitocina nem soro, não fiquei presa a nada, fiz o que me apeteceu, andei, cantei, e confesso que cheguei a achar que não ia conseguir fazê-lo nascer sozinha, mas fui! Não me fizeram episiotomia e, apesar de feito uma laceração superficial, já cicatrizou e estou praticamente como nova (a rapidez de recuperação não se compara...). Só fiquei com anemia, por algum vaso sanguíneo malandro que insistiu em verter mais sangue do que seria suposto. Agora é recuperar a cor e apreciar o filhote, que é calmo e super doce. Até a mana Rebeca nos surpreendeu com a forma "crescida" como tem reagido às mudanças. Bem-vindo, filhote!