terça-feira, abril 22, 2008

Nova época

Está oficialmente aberta a época dos passinhos e dos ensaios da locomoção bípede. Esta rapariga não pára de nos surpreender! Há dias, com o baixar da altura do colchão da cama, a Rebeca mostrou-nos que está determinada em começar a andar cedo. Qual ficar sentada na cama! Ela quer é estar sempre de pé, agarrada às bordas e ir dando uns passitos. Fiquei espantada por, ao segundo dia, ela já se aguentar mais de 15 minutos seguidos sem cair. E até já faz a malandrice de abrir a porta de correr do roupeiro mesmo ao lado da cama e tirar todas as peças de roupa a que consegue deitar a mão! Não tarda estou a correr atrás dela pela casa fora.

quarta-feira, abril 16, 2008

Dá para perceber

que, para além do tempo livre cada vez mais escasso e totalmente absorvido pela Rebeca, também não tenho tido grande vontade de animar o blog? Nas últimas semanas fiquei, mais do que uma vez, loooooongos dias sem sequer ligar o computador... Coisa inédita, diga-se.

Mas fora esse cenário estranho, está tudo em ordem. A Rebeca já ultrapassou a fase das doenças seguidas. No espaço de um mês ficou doente 3 vezes, a última delas com febrões acima dos 40º. Mas parece que, com o romper definitivo dos seis dentitos já tão visíveis, tudo passou. Há um mês que goza de plena saúde e está cada vez mais vivaça, espertalhona e movimentada. Já gatinha, bate palmas, parece que quer cantar comigo quando lhe canto e faz um vasto leque de sons, mas ainda sem significado inerente (ti-ti, qui-qui, bá-bá, pá-pá, dá-dá, na-na, ma-ma, entre outros). Está brincalhona e guincha que se farta, se andarmos com ela ao colo a fugir e a brincar às escondidas pela casa fora. É a agitação total! Continua a querer atingir o percentil máximo no comprimento: aos 8 meses e meio já vai com 74cm e 9 quilos e uns gramas de peso. Começou só na semana passada a comer sopa e fruta ao jantar, que até aí era leitinho a partir do final da tarde. A boa notícia é que a pediatra já me deu autorização para começar lentamente a incluir o leite na minha alimentação e ver se a Rebeca apresenta alguma alteração. Ao fim de uma semana, mantém-se tudo normal, apesar de ainda não beber leite em natureza e não ter ainda começado com a manteiga e o queijo. Se não houver alterações, daqui a uns tempos será a Rebeca a começar aos poucos a ingerir a proteína do leite de vaca.